MORO DIZ QUE 'NO MOMENTO' NÃO É POSSÍVEL ATENDER A PEDIDO DE ENVIO DA FORÇA NACIONAL PARA O PARÁ - JORNAL FOLHA DO PARÁ

EXTRA

JORNAL FOLHA DO PARÁ

MAIS DE 17 MILHÕES DE ACESSOS

ANUNCIE AQUI NESTE ESPAÇO ESPECIAL - MAIS DE 22 MIL ACESSOS POR DIA - "AQUI JESUS ABENÇOA"

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

MORO DIZ QUE 'NO MOMENTO' NÃO É POSSÍVEL ATENDER A PEDIDO DE ENVIO DA FORÇA NACIONAL PARA O PARÁ


O Ministério da Justiça informou na noite desta quarta-feira (16) que "no momento" o ministro Sérgio Moro não poderá atender ao pedido do governador Helder Barbalho (MDB) de envio de homens da Força Nacional para atuar na segurança pública do Pará.


Governador Helder Barbalho se reuniu nesta quarta com ministro da Justiça. Segundo ministro, homens da Força Nacional estão no Ceará e é preciso manter contingente de reserva em Brasília.
Mais cedo, Barbalho se reuniu com Moro e reiterou o pedido de ajuda federal. A expectativa do governador é de que pelo menos 200 agentes sejam deslocados para o estado a partir de março. Mas o ministro não estabeleceu prazo.
Moro informou que, como a Força Nacional está atuando na crise da segurança no Ceará e é necessário manter contingente de reserva em Brasília para eventuais urgências, "não seria possível no momento atender, infelizmente, a solicitação".


Barbalho afirmou que os números relacionados à segurança pública colocam o estado entre os mais violentos do Brasil.
De acordo com o Atlas da Violência 2018, com base em dados de 2016, o Pará tem quase 51 assassinatos anuais a cada 100 mil habitantes. Em todo o Brasil, a taxa é de 30 por 100 mil, segundo a publicação.
“Belém chega a 77 (homicídios a cada 100 mil habitantes). E alguns bairros da capital, já identificados, ultrapassam 125 assassinatos por 100 mil habitantes”, afirmou.
 
Por Elisa Clavery, TV Globo — Brasília
 ==============================================================================






























Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here