CRIME ASSUSTADOR - JOVEM JOGADOR BRASILEIRO MATA A FACADAS TIOS E PRIMOS PEQUENOS - JORNAL FOLHA DO PARÁ

EXTRA

JORNAL FOLHA DO PARÁ

MAIS DE 17 MILHÕES DE ACESSOS

ANUNCIE AQUI NESTE ESPAÇO ESPECIAL - MAIS DE 22 MIL ACESSOS POR DIA - "AQUI JESUS ABENÇOA"

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

quinta-feira, 25 de outubro de 2018

CRIME ASSUSTADOR - JOVEM JOGADOR BRASILEIRO MATA A FACADAS TIOS E PRIMOS PEQUENOS


Um crime assustador foi cometido por um brasileiro. Patrick Nogueira Gouveia, que confessou ter matado a facadas seus tios e dois primos de 1 e 4 anos . Patrick Nogueira, que será julgado essa semana, buscava o sonho de ser um atleta.


Um crime assustador foi cometido por um brasileiro na Europa. Patrick Nogueira Gouveia, que confessou ter matado a facadas seus tios e dois primos de 1 e 4 anos em Pioz, na Espanha, será julgado pela Justiça espanhola nesta quarta-feira. O jovem foi para fora do país para tentar virar jogador de futebol, mas o sonho se tornou um pesadelo. 

O réu jogava bola em João Pessoa, na Paraíba, e foi tentar a sorte como jogador na Europa. Walfran Campos, tio de Patrick e irmão de uma das vítimas, ajudou o menino a chegar na Inglaterra. Ele não foi aprovado em alguns testes que fez. Na época, justificou ter sido prejudicado pelo clima londrino e por uma lesão no joelho.

Walfran pediu ajuda ao irmão, Marcos, que já vivia na Espanha. Ele recebeu Patrick em sua casa e conseguiu um emprego para ele no restaurante onde trabalhava. Segundo as declarações de Walfran à 'Globo', era de que ocupasse a mente e não passasse "o dia todo com a mente vazia em casa".

"Dentro dos quatro meses em que viveram juntos, ele [Patrick] criou coisas na cabeça dele que só Deus sabe. Criou raiva do meu irmão e sua família ao ponto de matá-los. Nada justifica, o meu irmão o recebeu em casa", lamentou Walfran.

O tio e a mulher, Janaína, decidiram se mudar para a cidade de Pioz, o sobrinho não quis acompanhá-los. Marcos Chegou a dizer à família que havia combinado de buscá-lo após a mudança mas não encontrou o rapaz. 

A tragédia aconteceu dia 17 de agosto de 2016. Patrick apareceu de surpresa na nova casa dos tios, em Pioz, às 17h, com duas pizzas na mão. Janaina abriu a porta sozinha com as duas crianças ao lado e já levou a primeira faca. As crianças entraram em choque e ficaram paralisadas. O assassino também matou a prima Maria Carolina, de 4 anos, e o primo Davi, de 1 ano.

Segundo a investigação, Patrick Nogueira Gouveia teve tempo de esquartejar os corpos, guardá-los em sacos de lixo e aguardar a chegada do tio para terminar de cometer o crime. 
No dia 20 de setembro de 2016, Patrick fugiu para o Rio de Janeiro; permaneceu no Brasil até 19 de outubro do mesmo ano, quando voltou à Espanha para confessar autoria dos homicídios.

Por estes últimos dois crimes, a Promotoria pede pena de prisão permanente com possibilidade de revisão, além de 20 anos de prisão por cada assassinato dos tios. Ele será julgado essa semana e a defesa alega "um transtorno mental transitório" de Nogueira

 Por O Dia
=================================================================================
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here