ESPETÁCULO NO CÉU - É HOJE! SEXTA FEIRA -- ECLIPSE MAIS LONGO DO SÉCULO TERÁ LUA DE SANGUE - VEJA COMO SERÁ.. - JORNAL FOLHA DO PARÁ

EXTRA

JORNAL FOLHA DO PARÁ

MAIS DE 17 MILHÕES DE ACESSOS

ANUNCIE AQUI NESTE ESPAÇO ESPECIAL - MAIS DE 22 MIL ACESSOS POR DIA - "AQUI JESUS ABENÇOA"

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

sexta-feira, 27 de julho de 2018

ESPETÁCULO NO CÉU - É HOJE! SEXTA FEIRA -- ECLIPSE MAIS LONGO DO SÉCULO TERÁ LUA DE SANGUE - VEJA COMO SERÁ..

Recife é a capital que começará a ver mais cedo, às 17h15


É hoje! O eclipse mais longo do século terá 1h42 de fase total e quase 4 horas de parcial nesta sexta-feira (27). Para assistir, é só checar a hora que a Lua nasce na sua cidade e estar mais perto da costa possível, no leste do Brasil. A melhor capital para assistir é Recife, mas João Pessoa vai poder começar a aproveitar apenas 1 minuto depois.

PATROCINADOR ESPECIAL DA FOLHA DO PARÁ

O eclipse
Um eclipse lunar total acontece quando Sol, Terra e Lua se alinham, quando nosso planeta faz uma sombra no satélite. Isso faz a Lua ficar escura, perder o brilho, e é um fenômeno que pode ser visto a olho nu.





Quem lembra do eclipse solar total que aconteceu nos Estados Unidos em agosto do ano passado sabe que é importante usar óculos especiais. No caso do eclipse da Lua, basta olhar para o céu: usar uma luneta ou um binóculo pode ajudar.

O fenômeno começa às 16h30, mas a Lua não terá nascido no Brasil. Mesmo assim, vamos poder observar uma parte da fase total – quando o satélite está inteiro na sombra – e da fase parcial (umbra). É só esperar a Lua nascer. Tudo acaba às 19h19.

Lua de sangue
A Lua desta sexta-feira também será de sangue – o fenômeno deixa o satélite com um tom avermelhado. Isso acontece porque os raios do Sol são bloqueados pela Terra, mas passam pela atmosfera. A luz é a soma de todas as cores (arco-íris) e cada uma delas se comporta de uma forma quando chega na camada de ar ao redor do nosso planeta.

A cor azul, por exemplo, se espalha muito mais que a vermelha - que acaba predominando. Por isso, teremos a versão mais "quente" do nosso satélite.

Marte mais perto
Já descobrimos água líquida em um reservatório no planeta vizinho, e agora ele estará muito perto da Terra. De acordo com a Agência Espacial Brasileira (AEB), a distância será de 56 milhões de quilômetros, sendo que a média é de 228 milhões.

Além disso, ele aparecerá no lado oposto ao Sol, o que formará uma bela visão ao lado da Lua. Vale assistir o eclipse e ficar de olho no brilho do planeta vermelho.

Por: G1 27 de Julho de 2018 às 07:04 Atualizado em 27 de Julho de 2018 às 07:20
===============================================================================

PATROCINADORES OFICIAIS DA FOLHA DO PARÁ


 




 
 




 Image result for TIM


















 



 


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here