MULHER É PRESA APÓS PERDER VOO, INVADIR PISTA E FORÇAR AVIÃO A PARAR NO AEROPORTO DE GUARULHOS - VEJA.. - JORNAL FOLHA DO PARÁ

EXTRA

JORNAL FOLHA DO PARÁ

MAIS DE 17 MILHÕES DE ACESSOS

ANUNCIE AQUI NESTE ESPAÇO ESPECIAL - MAIS DE 22 MIL ACESSOS POR DIA - "AQUI JESUS ABENÇOA"

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

sexta-feira, 4 de maio de 2018

MULHER É PRESA APÓS PERDER VOO, INVADIR PISTA E FORÇAR AVIÃO A PARAR NO AEROPORTO DE GUARULHOS - VEJA..



Segundo a PF, mulher brigou com funcionários de companhia aérea e invadiu a pista quando piloto começava a taxiar. GRU Airport diz que incidente foi no pátio perto de uma ponte de embarque.

Polícia Federal prendeu na manhã desta quinta-feira (3) uma mulher brasileira que invadiu a pista do Aeroporto Internacional de São Paulo após perder o voo com destino a Salvador.



De acordo com a PF, a mulher apareceu na frente de uma aeronave que estava efetuando procedimentos na pista do aeroporto. O piloto foi obrigado a interromper os procedimentos de taxiamento.


A GRU Airport, que administra o aeroporto, afirmou, no entanto, que o incidente aconteceu no pátio, e não na pista, próximo a uma ponte de embarque e que não havia nenhuma aeronave próxima.


Segundo a PF, funcionários da segurança abordaram a mulher e acionaram os agentes da Polícia Federal que a conduziram para a delegacia.
Uma das testemunhas, que foi responsável pela abordagem da invasora, disse aos policiais que a mulher, que é servidora pública, estava extremamente exaltada e havia agredido um dos funcionários da companhia.


A companhia aérea informou que o embarque para aquela aeronave havia encerrado às 8h30 e que o incidente ocorreu cerca de 15 minutos mais tarde. Além disso, a mulher corria risco de ser sugada pelas turbinas da aeronave que realizava o taxeamento.


Foi elaborado um termo circunstanciado referente ao fato e a mulher foi liberada mediante o compromisso de comparecer à Justiça quando for intimada.


A GRU Airport disse em nota que "todo procedimento foi monitorado e que, quando a passageira ultrapassou os limites da área de embarque, foi retirada por equipes de segurança de pátio, próximo a uma ponte de embarque, que não estava em operação no momento do ocorrido. Reforça, ainda, que não havia movimentação de aeronave na ponte onde foi retida".

http://www.folhadopara.com/p/blog-page_74.html

"O GRU Airport informa que o controle de acesso nos portões de embarque, dentro da área restrita do aeroporto, durante o processo de embarque é de responsabilidade das companhias áreas. Ressalta que possui monitoramento por mais de 2 mil câmeras e mantem controle de segurança de acesso em todas as áreas.

Esse procedimento é de fundamental importância para apoiar as investigações dos órgãos de segurança que atuam no aeroporto", diz a nota.



 



Por G1 SP
PARTICIPAÇÃO ESPECIAL

===================================================================================

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here