DEPUTADO JOÃO CHAMON PROPÕE ESTADUALIZAÇÃO DO HOSPITAL MATERNO INFANTIL DE MARABÁ – ASSISTA O VÍDEO - JORNAL FOLHA DO PARÁ

EXTRA

JORNAL FOLHA DO PARÁ

MAIS DE 17 MILHÕES DE ACESSOS

ANUNCIE AQUI NESTE ESPAÇO ESPECIAL - MAIS DE 22 MIL ACESSOS POR DIA - "AQUI JESUS ABENÇOA"

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

quinta-feira, 22 de março de 2018

DEPUTADO JOÃO CHAMON PROPÕE ESTADUALIZAÇÃO DO HOSPITAL MATERNO INFANTIL DE MARABÁ – ASSISTA O VÍDEO

                          OFERECIMENTO ESPECIAL
 
 Durante Sessão Ordinária da Assembleia Legislativa do Pará - ALEPA, desta terça-feira, 20, o Deputado Estadual João Chamon Neto apresentou a proposta de estadualização do Hospital Materno Infantil de Marabá.

Com a falta de equipamentos e instrumentos tecnológicos e materiais de apoio ao digno atendimento a mães e crianças de Marabá e de toda a região sul e sudeste que recorrem a esta unidade, é preciso que o Governo do Estado olhe para este hospital como prioridade de cuidado à vida.

Segundo o Deputado Chamon, tal situação virou uma verdadeira bandeira de luta e foi incorporada pela Câmara Municipal de Marabá, por meio do seu presidente, o vereador Pedro Corrêa Lima. Com dados da propria Secretaria Municipal de Saúde, atualmente, o município se encontra em difícil situação financeira para o custeio do HMI.

Sensibilizado com esta triste realidade e considerando a explosão demográfica da cidade, João Chamon ve na Estadualização a melhor saida para garantir a sobrevida desta vital unidade de saúde em Marabá. "Me somo aos esforços para garantir melhor atendimento a todos que necessitam, lutando pela estadualização do HMI na Alepa. Com Deus no comando, sempre!", finaliza o Deputado João Chamon.

Assista ao pronunciamento do deputado sobre o assunto.

====================================================================
NOSSOS PARCEIROS DESTE JORNAL
 
 
 
 


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here