JORNAL FOLHA DO PARÁ -- MAIS DE 13 MILHÕES DE ACESSOS -- "GLÓRIA A DEUS"

ANUINCIE AQUI - APROVEITE NOSSA PROMOÇÃO DE FIM DE ANO

VER-O-PESO ABRE OS BRAÇOS NOS 402 ANOS DE BELÉM

Feira se afirma como símbolo da diversidade cultural de todo o Estado

Uma parte das comemorações dos 402 anos de Belém, hoje (12), será no Ver-o-Peso, um dos principais cartões postais da cidade, onde não faltam cores, sabores, muita diversidade e histórias de paixão. “O Ver-O-Peso é tudo de bom pra mim.
É a minha segunda casa. É daqui que eu vivo pra tudo no mundo”, confessa Beth Cheirosinha, 67 anos de idade e 50 de Ver-O-Peso, uma pessoas mais conhecidas da feira. “Chego aqui sete da manhã e largo 4 da tarde. Além de ganhar meu dinheiro ainda recebo os turistas, o que pra mim é uma satisfação muito grande. Em Vitória, no Espírito Santo, me reconheceram por causa daqui”, disse ela, cujo nome é Bernadeth Freire. 
                                        OFERECIMENTO ESPECIAL  DE NOSSOS PARCEIROS


Entre uma solicitação e outra de fotografia, ela admite que já se considera um patrimônio cultural do Ver-O-Peso. “Minha mãe e minha avó iniciaram esse bloco de ervas aqui”, contou. “Já vieram com esse conhecimento lá do meio dos índios. Nasci e me criei no Ver-O-Peso.
Desde novinha, minha mãe, Maria de Lourdes, a Dona Cheirosa, me trazia pra cá”. Beth acha que Belém está precisando de uma grande limpeza, uma grande revitalização, e que o Ver-O-Peso precisa de um reforma. “É a maior feira a céu aberto da América Latina. É conhecido mundialmente”, justificou. Para Beth, a cidade está “meio sujinha”. 
                                        OFERECIMENTO ESPECIAL  DE NOSSOS PARCEIROS
                              
Bolo de 20 metros

Preparar o bolo de 20 metros do aniversário de Belém é um motivo de orgulho para os confeiteiros responsáveis. Há aproximadamente 20 anos a Padaria Versailles, com unidades na Rua dos Mundurucus e na Avenida Nazaré, é responsável por produzir a guloseima. O corte do bolo está previsto para acontecer hoje às 9h30 no Mercado do Ver-O-Peso.
O preparo começou na tarde de ontem e termina somente na manhã de hoje, pouco antes de ser cantado o parabéns para a cidade. “Somos uma das poucas padarias ou que tiveram coragem, ou que foram doidas, para aceitar este desafio. De lá para cá ficamos muito orgulhosos. É o nosso nome que vai em cima”, destacou o gerente da padaria, Klerson Pereira, de 38 anos. A padaria ainda tem o apoio dos moinhos Ocrim e Cruzeiro do Sul.
                                        OFERECIMENTO ESPECIAL  DE NOSSOS PARCEIROS
                              

O bolo que terá 65 pastas, ou formas, foi produzido com 70 quilos de trigo, 70 quilos de açúcar, 24 litros de leite, 6 litros de vinho moscatel, um litro de essência de baunilha, 20 quilos de frutas cristalizadas, 25 quilos de manteiga, 10 quilos de volumes, 2.160 ovos e 130 quilos de recheios misturados (creme de leite, creme de chocolate e cupuaçu). 

Depois de pronto o bolo pesará 450 quilos. “É uma tradição e estar produzindo é um orgulho para os funcionários também. Viramos a madrugada. Às 4 horas já vai ter gente que vai fazer o transporte para o Ver-O-Peso”, contou Klerson. No total, 15 funcionários participam da criação e montagem do bolo.
                                        OFERECIMENTO ESPECIAL  DE NOSSOS PARCEIROS

Um dos trabalhadores é o confeiteiro Delson Ribeiro, de 35 anos, responsável por produzir o bolo na cozinha da padaria. Este é o segundo ano que Delson participa do trabalho.
 
No ano passado ele participou da montagem do bolo no Ver-O-Peso. “Para mim é gratificante. Eu acho que tem tantas padarias por aí e escolhem a gente é porque gostam do nosso trabalho”, disse.
 
                                        OFERECIMENTO ESPECIAL  DE NOSSOS PARCEIROS
                              

Depois do parabéns, no entanto, o bolo acaba em pouco tempo. “Acho que me sinto feliz, porque o povo gosta do nosso trabalho”, acrescentou Delson. Se pudesse escolher um presente para Belém, Delson já sabe o que seria. “Seria melhorar o saneamento básico da cidade e o trânsito também”, revelou.

A programação do aniversário terá também um culto evangélico na Catedral Quadrangular e às 18h30 o prefeito Zenaldo Coutinho participará, no Hangar - Centro de Convenções da Amazônia, da cerimônia de entrega de Medalhas do Mérito Francisco Caldeira Castelo Branco. A partir das 21h, escolas de samba e grupos de guitarrada se apresentarão no Portal da Amazônia.
                                        OFERECIMENTO ESPECIAL  DE NOSSOS PARCEIROS
                              

Trânsito
A programação dos 402 anos de Belém, celebrado nesta sexta-feira, provocará mudanças no trânsito no entorno do Ver-O-Peso, um dos pontos principais das comemorações. A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob) vai atuar com 16 agentes de trânsito desde as primeiras horas da manhã.
                                        OFERECIMENTO ESPECIAL  DE NOSSOS PARCEIROS
                              

Para a celebração da missa de aniversário, na Catedral Metropolitana, o trânsito no entorno da igreja será bloqueado. A partir das 6h, os cruzamentos da Avenida Portugal, entre Boulevard Castilho França e Rua João Diogo, incluindo as ruas Coronel Fontoura, do Aveiro, Tomásia Perdigão e Padre Champagnat, estarão interditados. 

Em seguida, o acesso à Travessa Félix Rocque pela Avenida Portugal também será bloqueado, em frente ao Palácio Antônio Lemos, para que a Igreja Evangélica Assembleia de Deus possa dar um abraço de oração e gratidão por Belém. 
                                        OFERECIMENTO ESPECIAL  DE NOSSOS PARCEIROS
                               

Durante o parabéns e o corte do bolo no Ver-o-Peso não haverá fechamento de via, apenas o estreitamento de faixa do lado direito da rua, para garantir a segurança dos pedestres. Agentes da Semob farão uma ação educativa em frente ao Mercado de Carne, a partir das 7h.

Devido à programação, as linhas Arsenal, Cremação II/Alcindo Cacela, Pedreira/Lomas (via BR-316), Telégrafo, Ceasa/Ver-O-Peso, UFPA/Ver-O-Peso e Marex/Arsenal, seguirão pela Avenida Marechal Hermes, Boulevard Castilho França, Avenida Portugal e Avenida 16 de Novembro, a destino.
                                        OFERECIMENTOO ESPECIAL  DE NOSSOS PARCEIROS
                              

A linha UFPA/Centro Histórico fará Rua dos Mundurucus, Travessa Padre Eutíquio, Rua João Diogo, Avenida 16 de Novembro, Avenida Almirante Tamandaré, Travessa São Francisco, Rua Arcipreste Manoel Teodoro, Avenida 16 de Novembro, Avenida Conselheiro Furtado e Avenida Roberto Camelier, a destino.

As linhas Marex/Felipe Patroni, Castanheira/Ver-O-Peso, Jardim Sideral/Praça D. Pedro II, no sentido centro/bairro, farão Avenida Conselheiro Furtado, Travessa Padre Eutíquio, Rua João Diogo, Avenida 16 de Novembro, Avenida Almirante Tamandaré e Rua Gama Abreu, a destino.
========================================================================
 NOSSOS PATROCINADORES






 
 



 

 

 






 






 
 


 

 







 

 


 



 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

About James Paraguassu

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment