JORNAL FOLHA DO PARÁ -- MAIS DE 13 MILHÕES DE ACESSOS -- "GLÓRIA A DEUS"

ANUINCIE AQUI - APROVEITE NOSSA PROMOÇÃO DE FIM DE ANO

MULHER REVELA O MOTIVO DE DECIDIR TER O FILHO DO SEU ESTUPRADOR – LEIA..

Catherine* ficou grávida depois de ser estuprada por um homem que ela considerava seu amigo. Neste texto, ela explica porque decidiu ter o bebê - e conta como é difícil olhar nos olhos do filho.

"Eu era uma mãe solteira com dois filhos. Eu o conhecia (o estuprador). Éramos amigos há cerca de dois anos - nos conhecemos por meio de um amigo em comum e começamos uma amizade. Só uma amizade normal, nada além disso.
Eu fui bastante clara com ele a respeito do fato de que eu não estava buscando um novo relacionamento - queria ficar sozinha - e estava satisfeita em sermos apenas amigos.

Eu estava na casa dele, e foi como se uma ficha caísse. Eu senti ele se aproximar demais, de um jeito desconfortável. Me afastei e tentei empurrar ele para longe. Foi tudo muito rápido. Me senti dominar completamente, e simplesmente , e simplesmente congelei. Num dado momento, parei de lutar. Travei, em vez de lutar contra ele.
Ele não disse nada. Ele literalmente se levantou, entrou no carro e saiu, sem dizer nada. Eu fui andando para casa. Estava ferida - e só percebi o quanto tinha me machucado depois, pois na hora que ocorre é como se você estivesse no piloto automático. Queria ir para o meu próprio espaço. Acho que, se você estiver em condições físicas de andar, você vai. Você vai querer estar em um lugar onde se sinta em casa.

Quando Catherine descobriu que estava grávida, contou ao estuprador
Eu disse que estava grávida e disse que o filho era dele. Esperava que ele dissesse: "não é, não". Não esperava que ele reconhecesse o filho. Ele nunca reconhecesse o filho. Ele nunca reconheceu as circunstâncias da concepção (o estupro), mas também nunca negou que o filho fosse dele.

Eu nunca considerei a possibilidade de abortar. Eu sabia que era uma opção. Nunca fui anti-aborto ou "pró-vida". Acho que é uma escolha de cada uma. Mas, pessoalmente, achei que o ato de tirar o bebê fosse na realidade piorar as coisas. Senti que seria mais difícil viver com o aborto do que com as dificuldades provocadas por mais um filho que eu não estava esperando, mesmo que eu já tivesse outras duas crianças para cuidar.
LEIA MAIS >
===================================================================
OFERECIMENTO ESPECIAL DOS NOSSOS PATROCINADORES
VEJA AS MELHORES EMPRESAS DO BRASIL
ESTÃO AQUI NO JORNAL FOLHA DO PARÁ..
CONFIRA.. SEJA UM MEMBRO DESTA FAMÍLIA..
"AQUI DEUS ABENÇOE" --
SÃO MAIS DE 22 MIL ACESSOS DIÁRIO.. O BRASIL E O MUNDO VERÁ SEUS PRODUTOS..(NOSSOS PREÇOS É O MENOR DO MERCADO) SOLICITE UMA VISITA.. LIGUE 94 99134-3538 OU        94 98104-9741 ..
""GLÓRIA Á DEUS ""


 
 LOJAS VALD'LAR - MOVÉIS NOVOS E USADOS -- MARABÁ/PA
 
 
 
 
 


 



  
 


 
DNA -- INGLÊS ILIMITADO -- EM MARABÁ/PA



 



FERRO NORTE -- Marabá/Pa


   
DOSE EXATA FARMÁCIA DE MANIPULAÇÃO -- MARABÁ/PA

C & A -- CONHEÇA NOSSAS NOVIDADES E PROMOÇÕES -- CONFIRA
MARALUZ -- MARABÁ/PA
 
ELETROBRAS

 
 





 
 
 
 
BANCO DO BRASIL - CHEGOU A CONTA FÁCIL
 
MARABÁ/PA -- IMPRESSÕES MAIS - MAIS QUALIDADE MAIS RESULTADO


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

 

 

 

About James Paraguassu

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment