JORNAL FOLHA DO PARÁ -- MAIS DE 13 MILHÕES DE ACESSOS -- "GLÓRIA A DEUS"

ANUINCIE AQUI - APROVEITE NOSSA PROMOÇÃO DE FIM DE ANO

EM NOITE DE RÉVER E DIEGO, FLAMENGO GOLEIA O BAHIA NA ILHA DO URUBU

Com dois gols cada, dupla comandou o triunfo do Rubro-Negro dentro de casa diante do Tricolor baiano
De volta a Ilha do Urubu, Fla goleou o Bahia sem dificuldades (Marcelo Cortes / Fotoarena)
Na Ilha do Urubu, o Flamengo recebeu o Bahia nesta quinta-feira e emplacou a segunda vitória consecutiva no Brasileirão. Com dois gols de Réver e mais 
dois de Diego, o Rubro-Negro aplicou um 4 a 1 no Tricolor baiano e ganhou uma posição na tabela.

O JOGO
No reencontro com a Ilha do Urubu, o Rubro-Negro começou mal a partida e na primeira etapa de jogo as principais chances foram do Bahia. Primeiro, Zé Rafael parou em Diego Alves e em seguida Vinicius teve a chance de abrir o placar e mais uma vez o camisa 1 foi bem.

Para os donos da casa faltava criatividade no meio. A única boa chance foi com Diego, arriscando de fora da área, mas Jean foi bem e conseguiu fazer uma grande defesa. As equipes brigaram demais pela posse da bola e por isso poucas oportunidades foram criadas. Um retrato da vontade de Flamengo e 
Bahia foram os amarelos na primeira etapa: cinco. Três para os donos da casa e os outros dois para o Tricolor baiano.

A etapa final começou do mesmo jeito que a primeira. Diego teve grande chance, mas Jean operou um milagre. No lance seguida, o camisa 35 cruzou, Guerrero dividiu com a zaga e a bola sobrou para Réver encher o pé e abrir o placar na Ilha. Perdendo a partida, Carpegiani mandou Hernane Brocador para o jogo e no primeiro lance o camisa 9 sofreu pênalti. Na cobrança, Mendoza bateu com qualidade e deslocou Diego Alves para empatar.
Quando o Bahia começava a gostar da partida, Everton cruzou na cabeça de Réver e o zagueiro em noite artilheira testou para o fundo da rede. Antes de voltar a liderar o placar, torcida estava impaciente na Ilha do Urubu e o meia Diego foi alvo de vaias durante o segundo tempo.

Pouco tempo depois, as críticas viraram aplausos e gritos. Primeiro, o camisa 35 fez grande jogada e em seguida o árbitro deu pênalti. O meia foi para a bola e ampliou. Dois minutos depois, Diego se apresentou bem no ataque, recebeu um passe no capricho e girou bonito para dar números finais ao jogo. 
Antes do apito final, Reinaldo Rueda aproveitou para tirar o meia, que foi muito festejado pelos torcedores presentes na Ilha do Urubu e retribuiu com reverências e beijos. O Fla agora está na sexta colocação da Série A, com 46 pontos somados. No domingo, o Rubro-Negro encara o São Paulo, no Pacaembu.
==============================================================================
 PATROCINADORES DA FOLHA DO PARÁ

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

About James Paraguassu

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment