FRAUDES EM LICITAÇÕES - JUSTIÇA AFASTA PREFEITO DE CURIONÓPOLIS NO PARÁ- LICITAÇÕES ERAM FRAUDADAS EM VÁRIAS SECRETARIAS - VEJA...


O promotor de Justiça de Curionópolis, Josiel Gomes da Silva, informou à reportagem que as fraudes em licitações que estão sendo investigadas em Curionópolis e afastaram Adonei Aguiar (DEM) do cargo de prefeito na manhã de hoje, sexta (30).
Vinham ocorrendo em mais de uma Secretaria da cidade. O valor total que pode ter sido desviado em apenas seis meses da atual gestão ainda não foi divulgado.

A vice-prefeita Quelia Rosa, que deverá assumir o cargo enquanto Adonei estiver longe da cadeira de prefeito, foi abordada pela imprensa quando chegava à Prefeitura Municipal de Curionópolis ao final da manhã e, aparentando estar assustada, afirmou não ter ideia do que se trata a investigação, acrescentando que não sabia da ocorrência de fraudes na Prefeitura.

Disse, ainda, estar disposta a colaborar com as investigações. Questionada sobre estar pronta para assumir a cadeira, a vice-prefeita desconversou e encerrou a entrevista. O procurador de Justiça Nelson Medrado foi quem confirmou o afastamento do prefeito por suspeita de envolvimento em fraude de procedimentos licitatórios. A decisão foi deferida pelo Poder Judiciário local – por meio da juíza Priscila Mousinho - e pelo Tribunal de Justiça do Estado do Pará, sob relatoria do desembargador Ronaldo Marques Valle.

Desde às 9h30 de hoje três equipes do Núcleo de Combate à Improbidade Administrativa e Corrupção, do Ministério Público do Estado do Pará, cumprem mandados de busca e apreensão na Prefeitura Municipal de Curionópolis, na residência do prefeito Adonei Aguiar, em uma farmácia da cidade e na casa de uma secretária municipal localizada em Parauapebas.

Neste local foram apreendidas, inclusive, armas de fogo, encaminhadas à Delegacia de Polícia Civil local. A secretaria em questão, cujo nome ainda não foi divulgado, alega ao MPPA que as armas são do marido que teria uma empresa de segurança. Nas ruas de Curionópolis muita gente aplaudiu a ação do MPPA, demonstrando apoio à Operação Alçapão.

O procurador Nelson Medrado informou que na residência do prefeito, além de diversos documentos, foi apreendida uma pasta contendo diversos cheques moradia, o que levantou suspeita de mais irregularidades. Adonei Aguiar não está no município.



(Luciana Marschall com informações de Chagas Filho)
________________________________________________________________________________
OFERECIMENTO ESPECIAL
DOSE EXATA FARMÁCIA DE MANIPULAÇÃO -- MARABÁ/PA
DNA -- INGLÊS ILIMITADO -- EM MARABÁ/PA



























 

About James Paraguassu

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment