Blogger Widgets

Serra Pelada – Cooperativas denuncia Colossus

As três cooperativas que compõem o mesmo CNPJ da maior mina de ouro do mundo, Serra Pelada (Localizada no Sudeste do Estado do Pará), Coomigasp, Adegasp e Cogasp estão reivindicando a anulação do contrato firmado entre a Empresa Canadense Colossus  e a Coomigasp. Segundo o presidente da Adegasp, o senhor João Amaro Lepos, as cláusulas do contrato visa prejudicar os garimpeiros, o que seria 25% dos direitos dos mesmos. Isso tende a desabar praticamente no nada.
“A parceria Coomigasp e a Colosso, foi feita de forma muito obscura e prejudicial aos garimpeiros, por quê? Foi aprovada em uma assembleia geral em desacordo com o estatuto social. Também foi fraudado posteriormente, o primeiro acordo era 49% para os garimpeiros e 51% para a Colossus.
A Coomigasp entraria com os direitos de mineração e a Colossus entraria com a tecnologia e investimentos. Uma semana depois, às escuras, criaram um contrato totalmente diferente. O investimento de apenas 18 milhões e elevaram a porcentagem deles para 75%, além disso, colocaram uma cláusula que as cooperativas terão que fazer investimento da parte delas, caso o contrário, o percentual vai caindo até zerar”.
As providências cabíveis já foram tomadas pelas cooperativas. “Já entramos com recurso no Ministério Público Federal, também denunciamos para os Deputados Estaduais, onde foi criada uma comissão, presidida pelo Deputado João Salame Neto, na qual vão analisar não só essa questão, como toda a Serra Pelada, lá a situação é calamitosa”.
 Ainda de acordo com João Amaro, o patrimônio da Coomigasp foi depredado. “A Empresa Colossus está tomando tudo dos garimpeiros. Hoje eles não têm nada, o próprio direito de mineração já foi transferido”.
A anulação do contrato é prescindível, porém, a relação com a empresa canadense, ainda pode ser mantida. “Essas questões com a Colossus tem que ser rediscutida, mas, para mantermos o contrato, essa mesa de negociação tem que ser revista. Tudo que eles fazem é escondido; primeiro eles têm que devolver o direito de mineração para a Coomigasp, sem esse direito não temos segurança nenhuma. Querem nos dar 25% dos lucros, mas que lucro? Se na formação da parceria foram desonestos”, defende.
João Amaro lembra ainda que, a cooperativa tem reserva junto a Caixa Econômica Federal. “Temos uma ação movida contra a Caixa, para resgatar o valor de 500 mil reais. A Colossus está investindo aproximadamente 200 mil na Serra. Então, dinheiro tem e tem que ser retornado em investimento para estrutura na produção de ouro. Nós não precisamos de Empresas estrangeiras, a cooperativa tem condições de implantar um projeto 100% dela”.
A suspeita de uma cúpula por trás da Colossus, faz com que as atitudes emergenciais sejam tomadas. “Quem está por trás é o próprio DNPM (Departamento Nacional de Produção Mineral e o ministério de Minas e Energia). Nós denunciamos as irregularidades no início, eles fizeram uma auditoria e disseram que, as nossas denúncias eram sem base verídica. A solução que eles tiveram, foi fazer outra assembléia, também irregular, para dar validade às roubalheiras. Essas assembleia são feitas dessa forma. É colocado 200 ônibus, para trazer garimpeiros do Maranhão, Tocantins e Pará. Eles dão comida e bebida alcoólica para eles, depois saem para uma votação sem a mínima noção em que estão votando”, revela.
Outra questão polêmica que envolve eminentes escândalos com a Coomigasp, é a cobrança de taxas de manutenção. De acordo com o presidente da Coomgasp, Luís da Mata, as siglas foram esquecidas e a união benéfica faz a diferença. “Fizemos um acordo onde todos os direitos dos garimpeiros sejam respeitados. Anteriormente, o quadro de 40 mil garimpeiros seria prejudicado por não estarem pagando a taxa. Como eles poderiam pagar sem estarem recebendo? Felizmente, encontramos um acordo em comum, estamos satisfeitos com essa união”, pontua.
A Serra Pelada ao longo do tempo tomou uma cidade com 7 mil habitantes, onde doenças como a conhecida lepra era bastante comum entre os moradores. “Atualmente, isso não faz mais parte de nossa realidade”, afirma Luís da Mata.
 
James Paraguassu / Fotos Raquel Magalhães

  


PARA PREFEITO EM JACUNDÁ/PA - ITONIR LIDERA PESQUISA

PARA PREFEITO EM JACUNDÁ/PA - ITONIR LIDERA PESQUISA
ITONIR LIDERA COM MAIS DE 42% -- VEJA OS NÚMEROS

LICENÇA DE OPERAÇÃO - MARIA BENEDITA MENDONÇA REIS

LICENÇA DE OPERAÇÃO - MARIA BENEDITA MENDONÇA REIS
BAR COM SOM AMBIENTE - MARABÁ/PA

LICENÇA DE OPERAÇÃO - LEILANE FERREIRA LIMA

LICENÇA DE OPERAÇÃO - LEILANE FERREIRA LIMA
BAR COM SOM AMBIENTE - MARABÁ/PA

LICENÇA DE OPERAÇÃO - NELINHO SILVA DO AMARAL

LICENÇA DE OPERAÇÃO - NELINHO SILVA DO AMARAL
LAVA JATO - MARABÁ/PA

PALAVRA DO SENHOR - DEUTERONÔMIO 30

PALAVRA DO SENHOR  - 	DEUTERONÔMIO 30
A MISERICORDIAS DE DEUS PARA COM OS QUE SE ARREPENDEM

NATUREZA BELA VIDA

NOVO E-MAIL DO JORNAL FOLHA DO PARÁ

NOVO E-MAIL DO JORNAL FOLHA DO PARÁ
JORNAL.FOLHADOPARA@BOL.COM.BR

CONVERSE CONOSCO - DÊ SUA OPINIÃO - ENVIE SUA MATERIA - MANDE SUA FOTO PARA NOSSA COLUNA SOCIAL

CONVERSE CONOSCO - DÊ SUA OPINIÃO - ENVIE SUA MATERIA - MANDE SUA FOTO PARA NOSSA COLUNA SOCIAL

SINDICATO DOS EMPREGADOS DO COMÉRCIO DO MUNICÍPIO DE MARABÁ SUL DO PARÁ

SINDICATO DOS EMPREGADOS DO COMÉRCIO DO MUNICÍPIO DE MARABÁ SUL DO PARÁ
VEJA....

GRANDE PROMOÇÃO NA VERDES MARES

GRANDE PROMOÇÃO NA VERDES MARES
A Churrascaria e Pizzaria Verdes Mares é tradição desde 1988, com certeza o melhor churrasco e a melhor pizza de Marabá você encontrará aqui....

FILL A FILL - NOVIDADES EM PREÇOS BAIXOS

FILL A FILL - NOVIDADES EM PREÇOS BAIXOS
EM MARABÁ NA AV ANTONIO MAIA 2 LOJAS PARA MELHOR SERVIR VOCÊ

VISITANTES - ULTRAPASSAMOS A MARCA DE SEIS MILHÕES DE ACESSOS - GLÓRIA A DEUS

PATROCINADORES

Pages